( por Naomi Baranek )

Nas minhas primeiras aulas de atualidades do PECEP, falamos sobre a reforma do Código Florestal. Problematizamos as mudanças propostas pelo deputado Aldo Rebelo (PCdoB) e discutimos seus impactos políticos, econômicos, sociais e ambientais.

Entre outros pontos, concluímos que apesar da reforma apresentar benefícios econômicos a curto prazo, ele representa um passo para trás na luta de preservação ambiental, além de impulsionar um esgotamento mais acelerado dos recursos brasileiros. Falamos também sobre os interesses dos ruralistas na Câmara com a aprovação, e que ela não representaria uma melhoria das relações no campo e não necessariamente seria beneficial aos pequenos produtores.

A ONG SOS Florestas, que está na luta contra o novo Código desde o início, fez o vídeo abaixo explicando a reforma e o que ela representa para o ambiente, a sociedade e o Mundo, promovendo o engajamento popular contra os crimes que estão para serem legalizados.

 

 

Obs: O Novo Código Florestal já foi aprovado na Câmara dos deputados e no Senado, e agora voltou para a Câmara, para depois passar pela Presidente Dilma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s