Hoje é dia de Superpop, bebê

Gustavo Vianna

 
Já falamos um pouco no blog sobre a relação educação/televisão. Na verdade, sobre a falta de relação, sobre como um veículo desses não faz quase nada para suprir o deficit educacional brasileiro.

 

Essa constatação foi o que reforcei ao passar praticamente uma semana assistindo a Globo. O pior é que gerar alguma reflexão na população seria obrigação da empresa, uma vez que o canal é uma concessão do governo sob a condição de que o conteúdo transmitido contribua para disseminação de cultura e cidadania junto à população (agora me explica como Superpop e BBB se encaixam nessa teoria).

 

Na maioria do tempo a Globo apresenta telejornais, programas de entretenimento do tipo “desligue-seu-cérebro”, novelas e séries. O telejornal de maior audiência, Jornal Nacional, apenas joga a informação no colo do espectador, perdendo uma bela oportunidade de abrir discussões úteis. Poderia fazer como o Jornal da Globo, que além de mostrar notícias traz especialistas para discutir o assunto.

 

Outro telejornal, o Jornal Hoje, não discute os assuntos e tenta se superar na inutilidade da notícia. “As propriedades curativas do pepino” e “Porque o ovo é bom/mau para a saúde” são reportagens que já foram exibidas algumas vezes. Já o Bom Dia, Brasil, confesso que não vi por estar dormindo estar envolvido com assuntos importantes para a nação.

 

Os programas de entretenimento são muitos, portanto o exemplo tomado será o tão discutido BBB. Não direi para alguém assistir ou não assistir, até porque eu não gosto muito, mas quando estou em casa assisto. O que critico é que seu alcance e a oportunidade de passar algo de construtivo é excelente. Na edição desse ano, confesso que vi uma coisa que me agradou: a água quente é racionada e eles tem que girar uma manivela para gerá-la. Esse é um tipo de valor que pode ser passado sem tornar o programa chato ou menos atraente.

 

As novelas – olha que tristeza – acabam se tornando o lugar em que mais valores são passados. Todas tem um núcleo em que prega-se o respeito à sua minoria. Além disso, está em curso uma minissérie chamada “O Brado Retumbante”, onde um político honesto assume a presidência do país. Confesso que a série me pegou e tenho acompanhado como uma dona de casa acompanha a novela das 9. Todos os podres do nosso corpo político são expostos, com um leve toque de humor. Tem horas que dá vontade de ser alienado e voltar a assistir Big Brother…

Anúncios

2 comentários sobre “Hoje é dia de Superpop, bebê

  1. Muito Bom! E isso ai irmao, alguem tem que comecar a falar! Parabens! Apoio TOTAL!
    Gracas ao bom Deus, desde pequena, na minha casa nao tinha tv!

  2. Guga,
    Sou amiga de Maria Lucia Poyares e ela me passou seu texto. Achei ótimo, muito esclarecido e numa pincelada rápida v dá muito bem o recado.É isso aí.continue a mostrar as falhas da nossa TV que em matéria de educação está longe da sua finalidade…
    Parabéns ! Lucia A. Gueiros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s