Manifesto – Geração Empreendedora

Segunda foi publicado na internet o manifesto Geração Empreendedora. Abro meu espaço semanal aqui no blog para replicar o texto, não apenas porque o teria escrito quase linha por linha, mas porque é um oásis em meio ao deserto de ideologias da nossa geração (nascidos nas décadas de 80 e 90).

 

Fiquem tranqüilos: não é papo de Cuba nem de Che Guevara. Não é uma tentativa de voltar à Guerra Fria nem a milésima releitura de Marx. É um manifesto atual, arrojado, altruísta e com olhar pro futuro:

 

“Não desejamos empregos em multinacionais, nem trabalhar batendo ponto sem gostar do que fazemos. Dispensamos ser uma mera engrenagem, pois não nascemos para ser robôs obedientes. Não iremos enfrentar horas de trânsito, nem seremos reféns do caos urbano.

 

Não dependeremos de governos, quaisquer que sejam seus modelos, nem da mídia ou da igreja e de suas religiões, pois sabemos que a verdade é muito cara para ser contada. Não aceitamos acriticamente o que a sociedade diz que é certo ou errado. Já nascemos cansados dos mesmos erros e teorias antigas que não funcionam. Sabemos que o real aprendizado acontece na prática, com a tentativa e o erro.

 

Não fugimos dos nossos medos: queremos enfrentá-los! Vamos correr riscos, sentir adrenalina, nos mover. Usamos a tecnologia para simplificar nossas vidas e nos conectar, não para complicá-la e nos separar. Não queremos ser bilionários, enxergamos a riqueza como algo diferente de excesso de dinheiro. Acreditamos que menos é mais e que bom é inimigo do ótimo.

 

Vemos a vida profissional e a pessoal como uma coisa só. Negócios e arte se misturando, diversão e seriedade lado a lado. Para nós, as ONGs acabaram. Montaremos negócios sociais, ganharemos dinheiro ajudando o mundo. Acreditamos na liberdade, na flexibilidade, na independência e na transparência. Não acreditamos em destino, pois sabemos que quem cria o futuro somos nós. Queremos o bem, acreditamos no pensamento positivo e na força do coletivo.

 

Retribuiremos a natureza, usaremos transporte alternativo, plantaremos hortas em casa, produziremos menos lixo. Sabemos que é preciso nos manter em parte crianças sinceras, criativas e sem paradigmas. Compreendemos que somos a mudança que queremos no mundo. A paz e um planeta melhor começam dentro de cada um de nós.

 

Não queremos aparecer ou sermos populares, agimos de maneira silenciosa, fora da atenção e dos holofotes. Não iremos reclamar, vamos solucionar. Não somos foras da lei nem rebeldes sem causa. Não perdemos tempo com manifestações nem passeatas.

 

Geração X, Y, Z? Que nada! Somos a geração empreendedora, viemos para criar um novo ecossistema. E você?”


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s